Mãos inchadas: conheça 6 possíveis causas desse incômodo


Você tem sentido suas mãos inchadas com mais frequência? É muito importante ficar de olho nos sinais do seu organismo. O inchaço das mãos pode durar pouco tempo e ser leve. Porém, também pode causar dor e desconforto, prejudicando sua qualidade de vida e ser um sinal de uma doença mais grave.


Também chamado de edema, o inchaço das mãos é um sinal de acúmulo de líquido ou inflamação dos tecidos ou da articulação. É comum quando acontece uma fratura da mão, a pessoa está acima do peso e durante uma gestação. Mas existem outras causas que podem indicar condições mais sérias. Por isso, é muito importante buscar atendimento médico para diagnóstico e tratamento adequados. Dessa forma, complicações podem ser evitadas.


A seguir, confira algumas causas de mãos inchadas e entenda as características de cada condição.




1. Linfedema

Se o sistema linfático estiver danificado ou obstruído, o acúmulo de linfa pode causar inchaço em várias partes do corpo, inclusive nas mãos. O linfedema é esse inchaço decorrente do funcionamento inadequado dos vasos linfáticos. Além do inchaço, é possível sentir:

  • Sensação de braços pesados;

  • Dormência no braço ou mão;

  • Pele com aspecto de casca de laranja.

Muitas vezes, o linfedema nas mãos pode acontecer após o tratamento do câncer de mama. Pacientes que removem os linfonodos da axila durante o tratamento têm um risco maior de desenvolver essa condição. Mas também é possível que pessoas nasçam com linfedema.


2. Artrite reumatoide

A artrite reumatoide é uma inflamação das articulações e pode ocorrer na mão e no punho, provocando inchaço. Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, a causa é desconhecida e acomete as mulheres duas vezes mais do que os homens. Geralmente, começa entre 30 e 40 anos de idade e sua incidência aumenta com o passar dos anos. Além do edema, essa doença pode causar:

  • Dor;

  • Calor;

  • Vermelhidão.

Muitos perguntam: o que pode ser quando uma pessoa acorda inchada? A artrite reumatoide geralmente causa inchaço das mãos principalmente pela manhã ao acordar.

Mas, é essencial consultar um médico para o diagnóstico precoce e adequado. O início do tratamento de forma rápida é fundamental para o controle da doença e a prevenção da incapacidade funcional e de lesão articular.


3. Prática de exercício físico

O inchaço das mãos durante o exercício é um problema bastante comum. Ainda não se sabe muito bem qual é a causa, mas, segundo a Mayo Clinic, parece ser o resultado da maneira como o corpo e os vasos sanguíneos respondem ao aumento da demanda de energia dos músculos ao se exercitar. Além disso, balançar os braços enquanto se corre também contribui para retenção de líquidos nas mãos.


Em alguns casos, dedos e mãos inchadas em atletas também podem ser um sinal de hiponatremia, que é nível baixo de sódio no organismo. Isso é resultado da ingestão excessiva de água ao praticar exercício físico. Outros sinais dessa condição são náuseas e vômitos.



4. Reação alérgica

As mãos são usadas diariamente para muitas atividades, podendo entrar em contato com alimentos, cremes, perfumes ou produtos de higiene que podem provocar alergias. Essa reação alérgica pode causar inchaço, que pode estar acompanhado de dor e coceira.


5. Pré-eclâmpsia

É muito comum que mulheres gestantes tenham inchaço em algumas partes do corpo ao longo da gravidez, principalmente no terceiro trimestre. Porém, o inchaço das mãos durante a gravidez também pode indiciar pré-eclâmpsia, o que pode ser perigoso. A pré-eclâmpsia é uma condição em que a pressão arterial da gestante aumenta e pode causar complicações na mãe no bebê. Isso porque o fluxo do sangue para o bebê fica comprometido.


6. Trombose

Apesar de mais comum nas pernas, a trombose também pode se manifestar nos membros superiores. Essa é uma condição causada por um coágulo sanguíneo, que bloqueia a veia e impede que o sangue circule adequadamente.

Como resultado, a trombose pode provocar inchaço nas mãos e outros sintomas como:

  • Dor;

  • Sensação de peso;

  • Queimação;

  • Fraqueza.

Essa condição pode acontecer devido à falta de movimentação por tempo prolongado, danos à parede de um vaso sanguíneo e cirurgias.


Além das condições e situações listadas, alguns medicamentos para diabetes, depressão e outras doenças podem ter como efeito colateral o inchaço nas mãos.


Portanto, é essencial consultar um médico para uma análise personalizada e diagnóstico adequado. Apenas assim você saberá, realmente, qual é a causa das mãos inchadas.


O que fazer para diminuir o inchaço nas mãos?

O inchaço pode ser tratado de diferentes formas e isso dependerá da causa. Mas alguns hábitos podem ajudar a prevenir e também a controlar esse incômodo. Veja algumas dicas:

  • Não fique na mesma posição por muito tempo seguido;

  • Não use roupas muito apertadas;

  • Deite-se e use travesseiros para levantar a mão inchada quando puder;

  • Abra e feche as mãos, dobrando os dedos. Esse simples exercício ajuda a drenar o excesso de líquidos;

  • Quando for segurar algo pesado, pegue com as duas mãos e não apenas com uma;

  • Evite consumir muito sal, pois, em excesso, ele aumenta retenção de líquidos.

Aqui no meu blog tenho vários artigos sobre saúde vascular. Acesse outros textos e tire todas as suas dúvidas!

159.686 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo